×
ATENÇÃO

Nos feriados poderão ocorrer alterações nos horários.
Em caso de dúvida consulte a Estação Rodoviária de Lajeado pelo telefone (51) 3011-3911.
Últimas Notícias
22 ABR
CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Como é do conhecimento de todos, a lei nº 13.812 de 16/03/2019, alterou de 12 para 16 anos a idade mínima da criança ou adolescente que podem viajar para fora da comarca onde residem desacompanhados dos pais ou responsáveis. Para um melhor entendimento, solicitamos aos advogados do SAERRGS que fizessem uma análise da lei e explicassem algumas expressões existentes, para uma melhor compreensão dos nossos colegas.


LEI Nº 13.812, DE 16 DE MARÇO DE 2019

Institui a Política Nacional de Busca de Pessoas Desaparecidas, cria o Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas e altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente)

Art. 14. O art. 83 da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), passa a vigorar com as seguintes alterações:

“Art. 83. Nenhuma criança ou adolescente menor de 16 (dezesseis) anos poderá viajar para fora da comarca onde reside desacompanhado dos pais ou dos responsáveis sem expressa autorização judicial.

§ 1º Autorização não será exigida quando:

a) tratar-se de comarca contígua à da residência da criança ou do adolescente menor de 16 (dezesseis) anos, se na mesma unidade da Federação, ou incluída na mesma região metropolitana;

b) a criança ou o adolescente menor de 16 (dezesseis) anos estiver acompanhado:

1) de ascendente ou colateral maior, até o terceiro grau, comprovado documentalmente o parentesco;

2) de pessoa maior, expressamente autorizada pelo pai, mãe ou responsável.

§ 2º A autoridade judiciária poderá, a pedido dos pais ou responsável, conceder autorização válida por dois anos.

           

A nova regra que foi publicada no Diário Oficial da União, dia 18 de março de 2018, além de criar o Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas e definir procedimentos a serem adotados quando do desaparecimento de crianças e adolescentes, no art. 14 estendeu as restrições de viagens para adolescentes até 16 anos que sem expressa autorização, que não poderão viajar desacompanhados dos pais ou responsáveis. Estas mudanças são significativas e deverão ser observadas pelas Estações Rodoviárias.

Em virtude da redação consignar termos técnicos consideramos oportuno esclarecer:

Autorização Judicial: Pode ser obtida pelos pais da criança/adolescente junto ao Fórum da cidade de residência ou comarca, mediante preenchimento e solicitação por formulário próprio e apresentação de documentos, os quais são informados pela autoridade.

Comarca: É a área territorial onde o Juiz exerce suas competências podendo uma Comarca abranger vários municípios.

Comarca Contígua: Consideram-se aquelas cidades cuja circunscrição judicial seja vizinha a Comarca sede da rodoviária, nesse ponto observa-se que não há que se confundir com divisas/limites territoriais entre municípios.

Ascendente: é aquele do qual se descende, como os pais, os avós e os bisavós.

Parentesco Colateral: aquele que tem laços de sangue, não direto, por não descenderem umas das outras, com antepassado comum [primo(a), tio (a)].

Exemplos de comarcas e de comarcas contíguas:

Lajeado - Canudos do Vale - Cruzeiro do Sul – Forquetinha - Marques de Souza – Progresso - Santa Clara do Sul – Sério.

Arroio do Meio - Coqueiro Baixo – Capitão- Nova Bréscia- Pouso Novo – Travesseiro.

Estrela - Bom Retiro do Sul – Colinas - Fazenda Vilanova.

Venâncio Aires - Boqueirão do Leão - Mato Leitão.

Assim, o transporte de passageiros menores de 16 anos entre as cidades da Comarca não exige a autorização judicial mesmo de criança desacompanhada. Está dispensada a apresentação de autorização quando o transporte do passageiro menor de 16 anos se der entre a comarca sede da rodoviária e comarcas contíguas.

No caso de pais separados, não se verificam alterações, valendo a norma anterior, em viagem nacional, viajando com terceiros precisa da autorização de um dos pais, com firma reconhecida. Para viagens internacionais, ambos devem assinar.


19 AGO NOVO VISUAL NAS ENCOMENDAS VIA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
17 JUL MUNICÍPIOS SEM ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
21 JUN PASSAGEM GRATUITA PARA APOSENTADOS (Lei nº 10.982/97)
20 MAI OITO ESTAÇÕES RODOVIÁRIAS
25 MAR DAER TEM NOVO DIRETOR GERAL
21 FEV O smartphone é uma das maiores, se não a maior, distração dos motoristas na atualidade.
01 FEV GOVERNADOR EDUARDO LEITE EM BUSCA DE SOLUÇÕES
04 JAN Ações voltadas à segurança e ao conforto dos veranistas gaúchos.
21 DEZ Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas
22 OUT Bilhete de Passagem Eletrônico - BP-e
12 SET A prefeitura de Porto Alegre está avaliando mudar a Estação Rodoviária de lugar
09 AGO FIQUE ATENTO
09 JUL GOVERNO FEDERAL LANÇA EDITAL PARA A RODOVIA BR 386
23 MAI BILHETE DE PASSAGEM ELETRÔNICO – BP-e
25 ABR Humberto Canuso é o novo Secretário dos Transportes do RS
22 MAR Pesquisa de mercado realizada
27 FEV Visita à AGERGS
21 FEV eSOCIAL OBRIGATÓRIO PARA TODOS A PARTIR DE 2018
02 JAN Correios e demais transportadoras exigirão nota fiscal do produto.
26 DEZ A Polícia Rodoviária Federal, substitui o antigo SINARF por novo sistema.
04 DEZ Nova legislação Carteira de Habilitação.
01 NOV DAER avança em mais uma etapa para a preservação de pontes e viadutos do Rio Grande do Sul
29 SET PACIENTES TRANSPORTADOS
27 SET VIAJE COM SEGURANÇA, VÁ DE ÔNIBUS
28 AGO AUTOATENDIMENTO EM CRESCIMENTO NO MUNDO
18 JUN Novo regulamento deve reduzir número de linhas a Porto Alegre
10 MAI Rodoviárias devem passar por adaptações no Rio Grande do Sul
09 ABR Após protesto por mais segurança, Rodoviários da Região Metropolitana são recebidos no Piratini
Av. Castelo Branco, 42 - Bairro Florestal - Lajeado/RS - CEP: 95900-732
51 3011-3911
noll@rodoviarialajeado.com.br
Acesse nossa página
Noll & Cia Ltda - © 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Vertigo Comunicação.